Um Nariz no Mundo!

“Entre estantes e panelas” – Livraria Cultura

Posted on: quinta-feira, 10 setembro, 2009

Toda 2ª segunda de cada mês acontece na Livraria Cultura do Conjunto Nacional na Av Paulista (esquina com a Augusta) a mesa redonda Entre Estantes e Panelas!

Como curadores, Dória e o Atala, dois que se fosse sempre só os dois, ja daria pra fazer varios e lotando todas as vezes, mas a cada mesa novos convidados e temas.

O primeiro, e pra mim foi o melhor, com tema “O que é a cozinha brasileira?“, participando Alex, Mara Salles e  o Dória. Também já teve “Peixes Amazônicos” e agora o quarto sobre “Blogueiros da Alimentação”.

Como eu fui no primeiro, anotei tudo, perguntei e agora posto que que rolou..

doria e atala

– Opiniões deles sobre cozinha brasileira:

Alex: A gastronomia brasileira está na hora de discutir e não de separar (citando intrigas que criam entre chefs, ex.: Alex e Sudbrack sobre quiabo) já que é emergente e são poucos que fazem cozinha honesta… Pratos de conhecimento geral não caracterizam a cozinha local… O Brasil não tinham apreço pela nossa gastronomia.. Compre produtos que valorizem regiões e que sejam ecologicamente corretos.

Mara Salles: Tropeiros são responsáveis pela expansão do arroz, feijão, mandioca e milho… A cozinha brasileira que tem propriedade para referenciar a gastronomia brasileira é a do fogão a lenha… O futuro da cozinha brasileira não é previsível e como falar de terroir no Brasil, se há 20/30 anos onde se tinham produtos da terra, hoje não resta nada além de cana e soja.

“Não me expresso tão bem quanto os antropólogos, mas eu sei cozinhar!” – Rebatendo o Dória e uma antropóloga convidada.

Dória: Cozinha nacional não é a somatória de várias cozinhas regionais. E sim um conceito nacional de cozinha.

– – –

No final do evento, perguntas foram feitas e eu fiz a seguinte: “Assim como o Dória disse que os indios não deveriam ser considerados brasileiros, então porque chefs procuram e se inspiram em alimentos e costumes indigenas pra criar uma nova cozinha brasileira?”

Depois de um silencio na mesa, Alex resolveu responder e disse: Quando se cria um conceito, vc vai fazer ele existir. Eu criei uma mentira que virou verdade. Quando comecei, fiz dos produtos amazônicos e indígenas os verdadeiros produtos brasileiros.

Mara Salles tambem respondeu em seguida e disse que essa febre por produtos do Norte começou há 10 anos, mas acredita que seja mais uma intenção estrangeira por conhecer as cozinhas dos índios do que dos brasileiros.

 

É isso, segunda 14/09 tem mais um e vou lá, quem quiser ir, melhor chegar com antecedencia por que precisa retirar sua senha.

 

– o –

 

 

Anúncios

1 Response to "“Entre estantes e panelas” – Livraria Cultura"

[…] Como curadores, Dória e o Atala, dois que se fosse sempre só os dois, … fique por dentro clique aqui. Fonte: […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Arquivos

Visitas

  • 23,308 acessos
website counter
%d blogueiros gostam disto: